Consumo de música gospel cresce 44% por ano desde 2015, segundo Spotify

0
41
-
Música & Essência - Spotify. (Foto: Divulgação)

A tecnologia revolucionou também a forma como consumimos música, maior prova disso é que 70% da receita gerada no setor musical vem do streaming. 

Se fizermos o recorte gospel, a música cristã tem se destacado também nessas plataformas e segundo o Spotify, pioneiro entre as plataformas de streaming, a música gospel tem crescido 44% anualmente entre os anos de 2015 e 2019.

- Anúncio -

“O crescimento foi todo orgânico”, disse Roberta Pate, diretora de Relacionamento entre Artistas e Gravadoras do Spotify na América Latina.

“Foi crescendo conforme a audiência começou a entrar no Spotify e começou a procurar o que eles já consumiam fora da plataforma”, completou ela em entrevista ao Gospel Prime.

Diante da importância desse segmento para a plataforma, o Spotify realizou em São Paulo nesta quarta-feira (18) o evento “Música e Essência” que reuniu mais de 300 pessoas entre artistas, gravadoras, profissionais da área e imprensa.

Além de apresentarem a plataforma, os palestrantes convidados também falaram sobre a produção de podcast e explicaram sobre o funcionamento da plataforma Spotify for Artists, que auxilia os artistas e gravadoras em suas estratégias de carreira. 

Pelas pesquisas internas da empresa, o consumo de música gospel supera o crescimento da plataforma, o que mostra a força que o segmento religioso possui no Brasil. E a faixa etária que mais utiliza a plataforma para ouvir músicas religiosas é de 20 a 30 anos, um público que está mais familiarizado com a tecnologia e  redes sociais.

Louvor e Adoração é o gênero que mais faz sucesso

O Spotify liberou duas listas, sendo uma com os dez artistas mais ouvidos e outra com as canções mais ouvidas e há uma relação entre elas: o estilo “Louvor e Adoração” (Worship) é o gênero mais ouvido na plataforma.

A música “A Casa é Sua”, da Casa Worship lidera a lista das músicas mais ouvidas. Ela é seguida por “Lugar Secreto”, de Gabriela Rocha; “Ousado Amor”, de Isaias Saad; “Não Pare”, de Midian Lima; e “Aquieta Minh’alma”, de Ministério Zoe.

E sim, entre as cinco mais ouvidas temos uma canção pentecostal, que é o segundo gênero de maior sucesso na plataforma.

Tanto que cantores como Bruna Karla, Cassiane e Gerson Ruffino aparecem na lista dos artistas mais ouvidos em meio a nomes como Fernandinho, Aline Barros, Diante do Trono, Fernanda Brum, Paulo César Baruk, Gabriela Rocha e Davi Sacer.

“A música internacional também tem crescido e é interessante que a adoração é consumida no Brasil tanto internacional, quanto local”, revela Roberta ao mencionar que o ministério Hillsong é o mais ouvido pelos brasileiros.

por: Gospel Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui