Coordenador da 4ª Coorpin de S. A. de Jesus confirma sua pré-candidatura à prefeito do município de Laje

-
Foto: Voz da Bahia

Na tarde desta quarta-feira (29), o coordenador da 4ª Coorpin de Santo Antônio de Jesus, Dr. Edílson Magalhães confirmou sobre sua pré-candidatura à prefeitura do município de Laje, Vale do Jiquiriçá.

Em conversa ao Voz da Bahia, Dr. Edílson pontuou que está caminhando e com propostas políticas, “estamos aí com três ou quatro partidos mas estamos vendo qual o melhor para a gente poder caminhar, entre eles o PSD, PR e outros”, disse o coordenador que ainda não tem partido definido.

Encontro com lideranças do município de Laje / Foto: Redes Sociais

Edílson relembra sua trajetória de sucesso como delegado e se diz satisfeito com o trabalho realizado, “se a população de Laje quiser, nós iremos entrar nessa pré-candidatura. No passado realizei um bom trabalho naquele município e também em São Miguel das Matas, no quesito segurança pública, e graças a uma parceria muito bem feita, conseguimos zerar a violência naquela região. Meu nome pontuou bem avaliado em uma pesquisa e com isso estamos caminhando para uma possível pré-candidatura. Estamos recebendo também vários apoios, entre eles: Van do Sinuca, Gazo, o ex-prefeito Roque Silva, do prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade (PSD), isso colabora muito com o nosso projeto”, expôs.

Ainda sobre só sua caminhada eleitoral, o coordenador garante que já tem alguns projetos em vista, “Laje é uma cidade que tem muita zona rural e nós temos que incentivar agricultura, além disso temos muito espaço por isso vamos tentar atrair novas empresas para a cidade de de Laje desenvolver”, pontuou.

Reunião com às lideranças em Laje / Foto: Redes Sociais

Sobre a política no ‘sangue’, o coordenador afirma que a um legado na sua carreira, “meu pai foi vereador durante muitos anos em Camaçari, então a gente já sabe como é mais ou menos algumas coisas, mas os tempos mudaram e temos que ter humildade para conversar com as pessoas no município para galgar o nosso objetivo, pedir licença e sabedoria a Deus para buscarmos o melhor para a população”, relatou.

Reportagem: Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui