Coronavírus virou uma gripe, declara prefeito de Salvador

O prefeito Bruno Reis (União) disse, nesta segunda-feira (4) que não há motivos para preocupação em relação ao aumento de casos ativos da Covid-19 em Salvador. De acordo com ele, a vacinação tornou o coronavírus mais uma simples gripe.

“Hoje, não temos nenhuma pressão no sistema de saúde”, afirmou o prefeito, em coletiva de impresa. “Com a chegada da vacina, [a Covid] virou uma gripe. Antes não era, mas com a vacina virou. A vacina está evitando que as pessoas morram e para isso é preciso vacinar como é feito para a gripe”, completou.

Reis convocou a população a tomar as doses de reforço para evitar um colapso na saúde. “São mais de 1 milhão de doses em atraso na Bahia como um todo e em Salvador esse número também é elevado de terceira e quarta dose. A gente espera que as pessoas possam se vacinar, para não ter que voltar a adotar alguma medida em relação à Covid”, declarou.

Em Salvador, 236.984 pessoas estão com a segunda dose em atraso; 688.763, com terceira; e 460.042, com quarta. Além disso, 35.506 crianças entre 5 e 11 anos ainda não compareceram aos postos de imunização contra a Covid. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). (Bahia.ba)