Corpus Christi: Pandemia muda rotina de fiéis em celebração na capital

Foto: Dinaldo Silva/ BNews

Um feriado religioso sem aglomeração nas igrejas, ainda mais na Bahia, é de se estranhar. Nesta quinta-feira (11), a celebração de Corpus Christi, na religião católica, foi muito diferente do que já se viu em outros anos quando milhares de fiéis normalmente se reuniriam para assistir as missas. 

Para evitar a proliferação do coronavírus, este ano, a Arquidiocese de Salvador só recebeu 40 pessoas, intercaladas nos bancos, para assistir à missa presidida pelo Cardeal Dom Sérgio da Rocha, nesta manhã.

A tecnologia ajudou para que a multidão que estaria aqui como todos os anos pudesse assistir de casa. Alguns curiosos chegavam na grade da porta da igreja para tirar fotos ou ouvir um pouco a palavra, mas sem se aglomerar. 

Após a Santa Missa, o Cardeal fez a exposição do Santíssimo Sacramento e conduziu o ostensório até a porta da Catedral, de onde abençoou a cidade de Salvador nesses tempos difíceis.

Por: Aline Reis – BNews