Crime foi motivado por atuação de Marielle em favor das minorias, diz MP

Foto : Reprodução

A coordenadora da Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ), Simone Sibilio, em entrevista coletiva na tarde de hoje (12), destacou que as investigações mostram uma motivação política para o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março do ano passado. “Está suficientemente indicado que houve motivação política pela atuação de Marielle em favor das minorias”, relatou a promotora de Justiça. A promotora reafirmou que não é possível afirmar, ainda, se há um mandante do crime. “Nenhuma linha de investigação é descartada. É possível que não tido mandante? É possível. É possível que tenha? É possível. Possibilidades de mandantes serão trabalhados em autos desmembrados que estão sob sigilo”, disse. (Metro 1)