Délcio aponta que áudio vazado foi de forma ilícita: “por um elemento inescrupuloso que teve menos de 1% do eleitorado em SAJ”

-
Foto: Voz da Bahia

Na tarde desta terça-feira (02), o vereador do município de Santo Antônio de Jesus, Délcio Mascarenhas de Almeida Filho (PSB) esteve na Clube FM no qual fez duras críticas para quem vazou os áudios nas mídias sociais através do WhatsApp no último final de semana.

Délcio denomina como criminoso o vazamento dos áudios no qual envolve nomes de pessoas com cargos públicos, lideranças da política santoantoniense, além de empresas do município, “isso foi um ato criminoso praticado por alguém aqui da sociedade de Santo Antônio de Jesus e é caso de Polícia. A Polícia Civil já está tomando as providências cabíveis porque isso é um caso que tem que ser acompanhado ainda pelo MP (Ministério Público) e pela própria Justiça”, informou.

Ainda sobre os áudios vazados, Mascarenhas explana que não há nada de oficial, “houve sobretudo um vazamento de áudios, de uma conversa que uma pessoa que estava bastante indignada naquele momento, por alguns fatos que estavam acontecendo, algumas notícias que estavam sendo veiculadas nas redes sociais e essa pessoa, em um momento de desespero mandou para outro amigo relatando os fatos e fazendo um desabafo, manifestando a sua indignação naquele momento por tudo que estava acontecendo. Isso foi uma situação privada entre duas pessoas, naturalmente que essa pessoa que gravou esse áudio, sem dúvida, é uma pessoa de bem da sociedade de Santo Antônio de Jesus, uma pessoa íntegra, correta, um profissional liberal que trabalha aqui no município de Santo Antônio e é conceituado e tem respeito”, declarou.

O vereador revela que os áudios foram vazados por uma pessoa frustrada malsucedida no município, “infelizmente ele (a pessoa que gravou o áudio) é de boa-fé, até pelo momento de indignação, ele passou esse áudio para outra pessoa e essa pessoa de uma forma maléfica usou desse áudio. Esse cidadão é muito frustrado aqui em Santo Antônio de Jesus, porque não é uma pessoa bem-sucedida, é uma pessoa que foi candidato a vereador em determinado momento, se elegeu vereador aqui no município de Santo Antônio e não conseguiu ser reconduzido à Câmara Municipal” explanou.

Continuando sobre a pessoa que vazou os áudios, Délcio Mascarenhas sem citar o nome do político, revela que o mesmo já foi candidato e obteve uma votação vergonhosa, “essa pessoa já foi candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus e passou por uma situação vexatória, teve menos de 1% do eleitorado. Eu achei que esse rapaz estava se recuperando, pois ele estava passando por um processo de transformação para melhor, mas infelizmente esse cidadão está passando por um processo de transformação para pior. A cidade de Santo Antônio de Jesus toda conhece esse rapaz, é um cidadão que não merece o respeito da população. Nós já estamos com todas as provas necessárias em mãos e essas provas já foram encaminhadas para a Polícia Civil aqui do município e é lamentável uma situação desta natureza”, disse.

Durante a entrevista, o vereador informa que o suspeito do vazamento dos áudios é conhecido no município, “é uma pessoa irrecuperável, já fez o mal há muita gente aqui na cidade. Há 4 anos atrás o meu querido amigo ex-prefeito Humberto Leite (DEM), foi vítima dessa pessoa, todo mundo lembra quando esse cidadão foi nomeado pelo prefeito para exercer determinado cargo na administração e depois saiu agredindo sem nenhum tipo de lógica. O atual prefeito Rogério Andrade (PSD) também está sendo vítima desse cidadão, mas o prefeito responde esse cidadão com o trabalho, com obras, com muita dedicação a gestão municipal de Santo Antônio de Jesus. E digo mais uma coisa, o nome das pessoas citadas no áudio são pessoas de bem em Santo Antônio de Jesus, exemplo de Ruy Tourinho, filho de uma família nobre desta cidade, o nosso presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Nogueira, o Tom (PSB), que vem fazendo um trabalho excelente na cidade, o ex-prefeito Euvaldo Rosa (PSD), que sobretudo é uma das pessoas céleres dessa terra, o homem que foi prefeito de Santo Antônio de Jesus e construiu um legado de confiança da população e que dispensa qualquer tipo de comentário”, pontou.

Com relação às informações contidas no áudio, Mascarenhas afirma que nenhuma delas merece nenhum tipo de crédito, “quero dizer que é a Santa Casa de Misericórdia está sendo gerida por um provedor filho de Lelinho Pereira, que é o Léo, o Aurelino Filho, e que é uma pessoa que vive fazendo um excelente trabalho na provedoria da Santa Casa e é uma pessoa do bem em Santo Antônio de Jesus, então tirando essas pessoas que foram citadas como a nossa querida vice-prefeita Dalva Mercês (PSB), quem não conhece Dalva em Santo Antônio pela sua dedicação e seu trabalho social? Uma pessoa abnegada que se doa pela população, então a gente precisa saber sobre tudo nesse momento essa situação, volto a dizer, situação lamentável. São pessoas que querem criar discórdia no grupo do prefeito Rogério Andrade e com o ex-prefeito Euvaldo Rosa, mas não vai acontecer, não adiantar, essas pessoas continuarem pois estão caindo do cavalo”, expôs.

O edil reforça que a Polícia já está apurando o caso, “eu não irei chegar aqui e dar provas no ar por que é um caso de Polícia Civil, e eu confio na polícia, eu confio no MP, na Justiça e quero dizer que a própria pessoa que gravou esse áudio privado para uma outra pessoa, é pessoa de bem de Santo Antônio de Jesus, mas infelizmente esse áudio foi usado por um elemento inescrupuloso, um elemento que a população de Santo Antônio de Jesus já conhece, uma pessoa que não tem nenhum tipo de credibilidade, nem na sua classe médica, nem os colegas dele o consideram, porque sabe que é uma pessoa sem ética profissional. Como eu disse, é um rapaz irrecuperável. Eu posso falar de pessoas de bem de Santo Antônio de Jesus, quem não conhece Genival Deolino? Uma pessoa de reservas morais candidato a prefeito, quem não conhece Leonel Cafezeiro? Um homem de bem! Quem não conhece o Euvaldo Rosa? Um homem de bem. Quem não conhece o ex-prefeito Humberto Leite? Um homem de bem, então eu tenho minha posição política aqui Santo Antônio de Jesus, fiz uma opção, eu estou no PSB que tem como presidente do partido, o vereador Tom que tem como uma das principais lideranças do meu grupo político, o prefeito Rogério e o ex-prefeito Euvaldo Rosa, mas não é por isso que eu vou deixar de reconhecer os valores de pessoas importantes que estão no preito”, desabafou.

O vereador ratifica que o suspeito do vazamento dos áudios passou uma das maiores vergonhas das últimas eleições municipais, “é uma pessoa desacreditada até na sua própria profissão e eu estou lhe falando que os colegas dele que são médicos também tem suas diferenças e muitas vezes não confia nesse cidadão, porque esse cidadão é maléfico, esse cidadão é um cidadão perigosíssimo, é um cidadão que você tem que ter todo o cuidado necessário, mas a população conhece esse cidadão, ele não tem jeito ele é irrecuperável. Eu quero fazer uma pelo aqui, Humberto Leite cuidado com as suas companhias, cuidado! Aquela pessoa que gravou o áudio foi infeliz nas suas colocações, mas foi um momento de desespero e de indignação, porém, não é por isso que eu vou deixar de reconhecer que esse rapaz não é uma pessoa de bem, é um homem de bem, é um homem que tem história na sociedade de Santo Antônio de Jesus e que a sociedade reconhece os valores dessa pessoa, mas infelizmente ele se aproximou de um cidadão maléfico, desacreditado da sociedade, que não tem uma gota de credibilidade, isso tudo está acontecendo e que sirva de lição para classe política de Santo Antônio. Eu não acredito em hipótese nenhuma que o ex-prefeito, que foi vítima desse rapaz na eleição passada, que Humberto Leite vai abrir a guarda para esse cidadão, eu não acredito que Genival, pessoa de bem dessa cidade vai abrir possibilidade de se juntar com esse elemento inescrupuloso, daqui do município. É uma pessoa isolada do convívio político, é uma pessoa que as pessoas têm medo de se aproximar, porque ele usa todas as armas baixas ele usa todos os tipos de artifício, para expor homens e mulheres de bem ao pelourinho público e eu não quero citar nomes, mas aqui nas minhas colocações, as pessoas que estão ouvindo, estão sabendo de quem é que a gente está falando e esse caso desse cidadão nesse presente momento é um caso de polícia, relatou.

Délcio finaliza afirmando que os áudios foram vazados de forma ilícita, “esse cidadão traiu a própria confiança do rapaz que fez o áudio, que não mandou para ele, mas sim mandou para outra pessoa, mas por confiança mandou para ele e eu tô com todas as provas na mão, já tenho todas as provas, a Polícia Civil também já tem todas essas provas e infelizmente esse cidadão se coloca como pré-candidato a prefeito fazendo alguns vídeos para tentar desgastar a imagem do prefeito Rogério, mas não adianta ele fazer isso, porque a gente vai devolver com trabalho”, concluiu.

Redação: Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui