Dólar recua levemente ante rivais, em dia de payroll e discurso de Powell

0
32
-Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O dólar recuou levemente ante rivais nesta sexta-feira, dia em que os Estados Unidos divulgaram o relatório de empregos (payroll), de resultados mistos. Além disso, o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, participou de evento na cidade de Zurique, na Suíça, e afirmou que a economia dos EUA está em “bom lugar”.

Próximo ao horário de fechamento em Nova York, o dólar caía a 106,89 ienes, enquanto o euro recuava a US$ 1,1031 e a libra caía a US$ 1,2294. O índice DXY, que mede a força da divisa americana ante uma cesta de outras seis rivais, recuou 0,02%, para 98,394 pontos.

- Anúncio -

Os EUA criaram 130 mil postos de emprego em agosto, segundo dados com ajustes sazonais publicados pelo Departamento do Trabalho. O resultado veio abaixo da mediana da previsão de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de geração de 150 mil vagas.

Contudo, o salário médio por hora dos trabalhadores americanos subiu 0,39% em agosto ante julho, ou US$ 0,11, para US$ 28,11 por hora. Na comparação anual, o aumento foi de 3,2%. As previsões eram de ganhos menores, de 0,30% na comparação mensal e de 3% no confronto anual.

Após a publicação dos resultados mistos, o dólar passou a cair ante o iene. As perdas foram contidas, porém, durante as falas de Powell em Zurique. O presidente do Fed, além de dizer que a economia americana está em um “bom lugar”, afirmou que a inflação está avançando de volta para a meta de 2% e que o país deve ter “crescimento moderado contínuo”. Powell também reiterou que “agirá como for apropriado para sustentar a expansão”.

Já a libra recuou após pregões de fortes altas. “Uma volta abaixo de US$ 1,20 não deve ser descartada”, diz o Western Union, em relatório divulgado a clientes.

Na Argentina, o governo conseguiu estabilizar o dólar com seu pacote de controle cambial, associado aos leilões de Letras de Liquidez (Leliqs). O Banco Central da República Argentina (BCRA) vendeu 204,354 bilhões de pesos argentinos em Leliqs, a uma taxa média de 85,828%. Com isso, o dólar ficou cotado a 55,8352 pesos argentinos, no fim da tarde em Nova York. (Isto é)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui