Em jogo equilibrado, Bahia e São Paulo empatam sem gols na Fonte

0
70
-
Artur tenta fugir da marcação de Alexandre Pato durante confronto na Fonte Nova (Foto: Betto Jr./Correio)

No confronto direto por uma vaga no G6 do Brasileirão, o Bahia não conseguiu sair de um empate sem gols com o São Paulo, na Fonte Nova, na noite desta quarta-feira (9).

O resultado fez o Esquadrão cair uma casa na tabela do Brasileirão. Agora, o tricolor é o oitavo colocado, com 38 pontos. Já o São Paulo chegou aos 40 e permanece na quinta posição.

- Anúncio -

Depois de dois jogos em casa, o Bahia agora se prepara para duas partidas longe de Salvador. No Sábado (12) e time encara o Fluminense, no Rio de Janeiro. Já na quarta-feira (16), o adversário será o Grêmio, em Porto Alegre.

O jogo

Sem Gilberto, que sentiu um desgaste muscular, Fernandão foi o responsável por ser a referência do Bahia no ataque.  Quando a bola rolou na Fonte Nova, o que se viu foi um primeiro tempo bem movimentado.

O São Paulo foi o primeiro a dar as caras e quase abriu o placar logo no primeiro minuto. Na jogada pelo lado esquerdo, Alexandre Pato cruzou para o meio da área e Hernanes bateu de primeira. Juninho apareceu e conseguiu cortar.

Na reta final do primeiro tempo tanto Roger Machado quanto Fernando Diniz precisaram recorrer ao banco de reservas. Aos 38, o atacante Pablo sentiu a virilha em disputa com Gregore e precisou deixar o campo para a entrada de Igor Gomes. Um minuto depos foi s vez de Moisés tentar puxar o contra-ataque e, sozinho, sentir a posterior da coxa. Ele deu lugar para Giovanni.

Antes do fim da primeira etapa o Bahia ainda voltou a criar boa chance. Juninho roubou a bola na defesa e avançou em velocidade, mas adiantou demais e acabou perdendo uma boa oportunidade de contra-ataque.

Faltou o gol

O Bahia voltou diferente para a segunda etapa. Élber passou mal no vestiário e foi substituído por Arthur Caíke.  No jogo de abafa, o tricolor quase conseguiu se aproveitar do erro da defesa do São Paulo para abrir o placar.

A resposta paulista veio na sequência. O chute cruzado de Alexandre Pato tinha endereço certo, mas Douglas se esticou todo e conseguiu salvador o Esquadrão. Depois disso, o jogo caiu tecnicamente. O Bahia só voltou a assustar aos 11 minutos, em cabeçada de Artur Caíke que Tiago Volpi defendeu.

Para tentar melhorar a produção ofensiva do Bahia, Roger partiu para o ataque e colocou o atacante Rogério no lugar do volante Ronaldo. A mudança deu certo e o Bahia passou a ser mais presente no campo de ataque.

Depois do bate-rebate, Rogério chutou forte e Volpi fez a defesa. O Bahia seguia tentando o ataque pelas laterais, mas com dificuldade para furar o bloqueio montado pelo São Paulo. Já nos minutos finais o goleiro Tiago Volpi tentou sair jogando, Fernandão pressionou e quase conseguiu tomar a bola. 

Enquanto isso, o São Paulo dava sinais de esgotamento e quase não incomodava o Bahia. Ainda assim, nem mesmo os quatro minutos de acréscimo foram suficientes para o Esquadrão tirar o zero do placar e restou apenas lamentar a igualdade.

FICHA TÉCNICA
Bahia 0x0 São Paulo
Campeonato Brasileiro – 24ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 09/10/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Auxiliares: Thiaggo Americano Labes e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC), com auxílio de Christiano Gayo Nascimento e Daniel Henrique da Silva Andrade (ambos do DF)

Cartões amarelos: Lucas Fonseca, Artur (Bahia) / Tchê Tchê (São Paulo)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés (Giovanni); Gregore, Flávio e Ronaldo (Rogério); Artur, Élber (Arthur Caíke) e Fernandão. Técnico: Roger Machado.

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Liziero (Vitor Bueno) e Hernanes; Alexandre Pato e Pablo (Igor Gomes). Técnico: Fernando Diniz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui