Em noite de Gabriel Jesus, Brasil vence Argentina e volta à final da Copa América

0
138
-
Comemoração de Gabriel Jesus no primeiro gol contra a Argentina/ Foto: Felipe Moreno / MoWA Press

O Brasil está na final da Copa América. O time Canarinho venceu a Argentina por 2 a 0 na noite desta terça-feira (2), no Mineirão. Gabriel Jesus abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, e Firmino marcou o segundo, aos 25 da etapa final.

Na final, o Brasil vai enfrentar o vencedor do confronto entre Chile e Peru. As duas seleções entram em campo nesta quarta (3), às 21h30, na Arena do Grêmio. Já a decisão do título da Copa América será no domingo (7), às 17h, no Maracanã. Enquanto a Argentina vai disputar o terceiro lugar no torneio continental no sábado (6), às 16h, no Itaquerão.

- Anúncio -

O JOGO

O clássico começou logo com o Brasil tomando logo a iniciativa. Casemiro rebateu na intermediária, Firmino dominou dentro da área e chutou forte para a boa defesa de Armani. Porém, a arbitragem assinalou um impedimento do atacante brasileiro e invalidou o lance. Aos 11, Paredes recebeu e arriscou o chute do meio da rua. A bola passou perto do travessão de Alisson.

Aos 16 minutos, Firmino descolou bom passe pra Gabriel Jesus. Ele errou o domínio, mas ficou com a bola na esquerda. Ele tentou arranjar espaço para finalizar, mas foi desarmado pela marcação.

Brasil abre o placar
Mas Gabriel Jesus abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo numa bela jogada construída pelo Brasil. Daniel Alves deu um banho de cuia em Acuña pela direita, limpou Paredes e abriu com Firmino na direita. O atacante cruzou rasteiro para o meio e o camisa 9 empurrou para as redes. Brasil 1×0 Argentina

Por causa do travessão, a Argentina não empatou aos 29 com Agüero. Messi cobrou a falta e o atacante argentino cabeceou livre de marcação carimbando a trave e a zaga brasileira tratou de afastar o perigo.

A Argentina teve boa chance aos 35. Coutinho errou o passe e Messi ficou com a bola. Ele saiu com ela dominada em velocidade e acionou Agüero. Ele invadiu a área e chutou, mas a bola explodiu em Marquinhos que fazia a cobertura.

Aos 41, o Brasil voltou a chegar no ataque. Alex Sandro acionou Everton Cebolinha na esquerda. Ele entra na área, toca por baixo das pernas de Otamendi, mas é desarmado por Foyth. No minuto seguinte, Coutinho cobrou o escanteio, a defesa argentina afasta, mas ela sobra com Arthur que chuta para a defesa de Armani.

Segundo tempo

O Brasil voltou dos vestiários com uma alteração. Willian entrou no lugar de Everton. Já a Argentina retornou ao campo com a mesma formação que iniciou a partida. Dessa vez, foram os argentinos que tomaram a iniciativa. Aos seis, Agüero armou a jogada pela esquerda e deixou no meio para Messi. O camisa 10 ajeitou para a chegada de De Paul, pela direita, que soltou a bomba, mas ela passou por cima da meta da Alisson.

A resposta do Brasil veio com Coutinho aos 10. Daniel Alves fez bela jogada pela direita e deixou com Gabriel, que girou bonito na frente de Agüero, e tocou para Coutinho. Mas ele chutou por cima do gol de Armani. No contra-ataque, Messi carimbou a trave de Alisson. Lautaro tentou o chute, a bola sobrou com o craque argentino, na esquerda, que soltou a bomba e explodiu no poste. Messi pegou a sobra, tentou cruzamento, mas ninguém finalizou.

Aos 15 minutos, Marquinhos caiu no gramado e pediu para ser substituído.

Firmino amplia

No momento de maior sufoco, Gabriel Jesus arrancou num contra-ataque mortal. Ele ficou com a bola no meio-campo, ganhou na velocidade de Otamendi, invadiu a área e entregou para Firmino, empurrar para as redes aos 25. Brasil 2×0 Argentina

O tempo fechou após o recomeço do jogo numa falta sofrida por Coutinho. E o técnico da Argentina, Lionel Scaloni, recebeu o cartão amarelo por reclamação aos 29.

Antes do lance do gol, Gabriel Jesus fez sinal de que estava sentindo algum problema muscular. Aos 34, ele deu lugar ao volante Allan. Dois minutos depois, apareceu outro problema para a Tite. Após acompanhar Di María na marcação até a defesa brasileira, Willian caiu no gramado com algum problema.

FICHA TÉCNICA
Brasil 2×0 Argentina 
Copa América – Semifinal

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 02/07/2019 (terça-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Roddy Zambrano (EQU)
Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero (ambos do Equador)
VAR: Leodan Gonzalez (URU)

Cartões amarelos: Daniel Alves, Allan (Brasil) / Tagliafico, Acuña, Foyth, Lautaro Martínez, Agüero (Argentina)

Gols: Gabriel Jesus, Firmino (Brasil)

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos (Miranda), Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Everton (Willian), Gabriel Jesus (Allan) e Firmino. Técnico: Tite.

Argentina: Armani; Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico (Dybala); Paredes, De Paul (Lo Celso) e Acuña (Di María); Messi, Agüero e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui