Em nova rodada de reajuste salarial, rodoviários falam em 4,5% para fechar acordo

Foto: Divulgação

Os rodoviários e empresários de ônibus de Salvador se reúnem nesta sexta-feira (4) para uma nova rodada de negociação de reajuste salarial. Mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), a reunião será virtual e acontecerá às 14h. Em contato com o Metro1, dirigentes do sindicato admitiram fechar um acordo salarial acima de 4,5%. É a primeira sinalização da categoria neste sentido.

Anteriormente, os rodoviários haviam decidido aceitar o valor proposto pelo TRT, que sugere um aumento salarial de 7,59% para a categoria. Os empresários tinham proposto reajuste de 3%. Diante do impasse, os trabalhadores mostraram disposição para negociar.

“Exigimos é um valor salarial acima do valor reajustado da tarifa de ônibus, que foi de 4%. Também queremos um ganho acima da inflação”, diz Luiz Ricardo, diretor de base do sindicato.
Atualmente, um motorista de ônibus ganha salário de R$ 2.451 por oito horas de trabalho. O cobrador recebe R$ 1.452.

Por determinação do TRT, o sindicato dos rodoviários não pode deflagrar greve até que “que seja esgotada todas as tentativas de conciliação” entre empresários e os rodoviários. Caso a determinação seja descumprida, a multa diária é de R$ 50 mil.