Encruzilhada: Ação contra abate clandestino apreende 800 kg de carne irregular

Foto: reprodução

Seis estabelecimentos foram autuados 822,50 kg de carne apreendidos e 86,4 kg de sebo durante uma operação realizada após o recebimento de denúncias da existência de abatedouros clandestinos no município de Encruzilhada.

A operação foi realizada pelo Ministério Público estadual, em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), da Vigilância Sanitária Municipal de Encruzilhada e com o apoio da 80ª Companhia Independente de Polícia Militar, no Distrito de Vila do Café, no último domingo (6).

A vistoria ocorreu nos pontos de venda de carnes na feira Livre da Vila Café. Durante a fiscalização foram observadas ausência de higiene nos estabelecimentos, exposição de carnes em balcões inapropriados de madeira, além da ausência de refrigeração, notas fiscais dos produtos, alvará sanitário, entre outras irregularidades.

Os responsáveis pelos estabelecimentos fiscalizados alegaram comprar seus produtos de um abatedouro e de um curral, localizados em Mata Verde/MG. Também foi verificado que os comerciantes estavam expondo carne industrial (carne de cabeça), a qual não pode ser comercializada diretamente à população. 

Em um vídeo encaminhado à Coordenação da Vigilância Sanitária de Encruzilhada, é possível verificar o descumprimento de normas sanitárias e de bem-estar animal no abatedouro mencionado, a exemplo do acondicionamento inadequado da carne, com imediata distribuição em caminhão não refrigerado. 

Os comerciantes dos estabelecimentos autuados devem responder por crimes contra as relações de consumo. Por falta de policiamento na região, não foi possível conduzir os infratores ao Plantão Regional do Distrito Integrado De Segurança Pública, localizado em Vitória da Conquista. Os inquéritos policiais serão requisitados diretamente à Delegacia de Polícia de Encruzilhada, a partir do recebimento dos respectivos autos de infração, lavrados pelos fiscais da Vigilância Sanitária Municipal. (Correio)