Ex-ministro Pazuello é exonerado de cargo no governo federal

Foto: José Dias/PR

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (7) a exoneração, a pedido, do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello do cargo de assessor especial da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

A exoneração é assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e atesta a saída de Pazuello desde terça-feira (5).

De acordo com a CNN Brasil, Pazuello deve disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Ele também pediu pela antecipação de sua aposentadoria do Exército para poder focar na campanha eleitoral.

Na última semana, o ex-ministro se filiou ao PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, após nomes do PP resistirem a sua chegada na sigla.

Eduardo Pazuello foi nomeado ao cargo de assessor especial em agosto de 2021. Na época, o nome do ex-ministro era um dos principais dentro da CPI da Pandemia, que posteriormente pediu que ele fosse indiciado por crimes supostamente cometidos durante seu comando na Saúde. (Bahia.Ba)