Fabrício Boliveira lança curso de cinema gratuito para jovens

Foto: reprodução

Quem vê Fabrício Boliveira com essa desenvoltura nas telas e nos palcos – e também em entrevistas como esta – não imagina que ele já foi gago. E foi a arte que o ajudou a curar a gagueira: “Descobri a cura da minha gagueira em cena. E hoje sou falastrão. Entendi cedo que a arte é um espaço de transformação e conexão”, afirma o baiano de 40 anos. E é em busca desta conexão que Fabrício decidiu criar o CDF – Cinema do Futuro, um curso gratuito voltado para jovens da Bahia e do Rio de Janeiro, de 13 a 20 anos. Terão preferência negros, indígenas, trans, mulheres e adolescentes em situação vulnerável.

A ideia do curso surgiu para atender a um desejo da irmã dele, Yasmin, de 16 anos, que não encontrava algo adequado para ela. “Resolvi abrir para outros adolescentes para que tenham acesso ao cinema que eu acredito e ao trabalho que eu faço”, revela o protagonista de filmes como Simonal (2019) e Faroeste Caboclo (2013). (Fonte: Correios 24h)