Família reconhece corpo de turista de São Paulo que havia desaparecido em Salvador

Um dos irmãos de Valdinei Lourenço, turista de São Paulo que estava desaparecido desde domingo (23), reconheceu o corpo do jovem no Instituto Médico Legal (IML), em Salvador, na tarde desta quinta-feira (27). A vítima teria morrido afogada na praia do Farol da Barra e foi encontrada sem documentos ou celular.

Valdinei estava hospedado em um hotel na Avenida Sete de Setembro e deveria ter retornado a São Paulo na terça-feira (25), mas desde o domingo parou de se comunicar com a mãe. Ele costumava falar várias vezes ao dia com ela, para tranquilizá-la e contar como estava sendo a viagem.

Vanderson Lourenço, irmão de Valdinei, disse ao Balanço Geral que esteve no DHPP e foi informado sobre a localização de um corpo masculino na praia do Farol da Barra. Ao se deslocar para o IML, olhou as fotos e viu que se tratava de seu irmão mais novo, de apenas 30 anos.

“As fotos eram bem nítidas. Não tem como negar que é ele. Disseram que foi afogamento por asfixia. Minha mãe está em choque. Ela tem problema de pressão. Ele veio aproveitar uma folga e, infelizmente, aconteceu isso. As coisas dele ainda estão no hotel e não tivemos autorização para entrar, mas não tinha documentos ou o celular dele lá”, contou Vanderson.

Fonte: Bocão News