Familiares do boxeador almeidense Keno Marley, comemoram classificação do baiano nas Olimpíadas: ‘Uma emoção muito grande’

Foto: Reprodução / Redes Sociais

A família do baiano Keno Marley é só orgulho após o atleta avançar às quartas de final da categoria meio-pesado (75kg a 81kg) no boxe, nas Olimpíadas de Tóquio, nesta quarta-feira (28).

“Sua mãe está aqui ansiosa, doida para te dar um abraço maravilhoso e te dar seus parabéns”, disse Fátima Machado, mãe do baiano natural de Conceição do Almeida.

Keno Marley passou pelo chinês Daxiang Chen, em duelo pelas oitavas de final, após interrupção da arbitragem logo no segundo round. Foi a estreia do baiano, depois de ficar de “by” na primeira rodada.

Segundo a tia do boxeador, Lia Portmann, a emoção de ver o sobrinho brilhar na televisão é muito grande.

“Eu espero dele é a medalha. Ele é meu orgulho e ele vai me trazer essa medalha, com fé em Deus”, diz orgulhosa, a tia do atleta, Lia Portmann.
No primeiro round, nos últimos segundos, o baiano derrubou o chinês e a arbitragem abriu contagem, mas Chen voltou para a luta. Quatro juízes deram 10 a 9 para Keno, e um deu 10 a 8 para o brasileiro.

No segundo round, todos apontaram um 10 a 9 para lutador baiano, mas a luta foi interrompida antes dos dois minutos já que o chinês estava sem condições de seguir.

Keno Marley volta ao ringue na madrugada de quinta-feira (29) para sexta (30), 1h24 (horário de Brasília), para as quartas de final. Ele enfrenta o britânico Benjamin Whittaker e se vencer, garante ao menos a medalha de bronze.

“Amanhã eu estarei aqui, torcendo, pulando, gritando, como você sabe que eu fico de nervosa”, conta Lia. (G1)