Feira de Santana: Com obras atrasadas, catracas do BRT custaram mais de R$ 5 mi

-
Foto: Reprodução / Blog do Velame

A prefeitura de Feira de Santana adquiriu através de licitação os equipamentos especializados para o acesso aos terminais e estações do Bus Rapid Transit (BRT).

Conforme apurou o Blog do Velame, 20 catracas e 73 portas tipo Plataforma de Corpo Completo automática foram compradas pela gestão municipal para pôr o modal em funcionamento. O total dos gastos é de R$ 5.441.365,00.

O valor investido inclui o serviço de instalação e configuração dos equipamentos. A empresa vencedora do certame foi a Wolpac Sistemas e Controle. Em novembro de 2018 a licitação chegou a ser suspensa pela prefeitura e remarcada posteriormente.

Com previsão inicial de ser entregue em 2017, a obra segue sem uma data definitiva de conclusão. Em recente entrevista para a TV Subaé, o prefeito Colbert Martins afirmou que o BRT entrará em funcionamento em março para um período de teste.

(Bahia Notícias)