Feira de Santana: ‘Não é possível estabelecer o fechamento total’, diz prefeitura

-
Foto: Divulgação

Após a recomendação do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, de implantação de lockdown em Feira de Santana e outras cidades, a prefeitura do maior município do interior baiano se manifestou, nesta sexta-feira (3), contrariamente ao fechamento total da cidade.

“O prefeito Colbert Martins Filho afirma que reconhece a legitimidade e capacidade de avaliação do Consórcio Nordeste, entretanto observa que não é possível estabelecer o fechamento total em Feira de Santana”, diz a prefeitura, em nota encaminhada em resposta ao Bahia Notícias.

A prefeitura afirmou ainda que pediu reforço de policiamento junto ao governo do estado, mas que esse pleito ainda não foi atendido pelas autoridades estaduais. “No entanto, a fiscalização, bem como aplicação de medidas restritivas mais rígidas, continuam acontecendo nos bairros que registram maiores números de contaminação no município”, diz a nota.

Na tarde desta sexta, Feira de Santana teria alcançado 100% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservados para o tratamento da Covid-19. Questionada pelo BN, a assessoria de comunicação do município afirmou ainda não ter essa informação.

Segundo o boletim epidemiológico publicado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) na noite desta sexta, Feira de de Santana possui 4.059 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus.

por Lula Bonfim – Bahia Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui