Flávio Bolsonaro posta vídeo de Adriano da Nóbrega morto e acusa PM-BA de tortura

-
Foto : Reprodução / Twitter

O senador Flávio Bolsonaro publicou nas suas redes sociais um vídeo em que o corpo do miliciano Adriano da Nóbrega e exposto após sua morte, em operação policial na Bahia, na semana passada. 

De acordo com Flávio, Nóbrega teve “sete costelas quebradas, coronhada na cabeça, queimadura com ferro quente no peito, dois tiros a queima-roupa (um na garganta de baixo p/cima e outro no tórax, que perfurou coração e pulmões”. 

“Perícia da Bahia (governo PT), diz não ser possível afirmar se Adriano foi torturado”, ironiza. O vídeo exibe o corpo do ex-militar da Polícia do Rio de Janeiro nu, no momento do levantamento cadavérico em uma maca. 

O assunto tem sido alvo de briga entre o presidente Jair Bolsonaro – pai de Flávio – e o governador Rui Costa. Bolsonaro acusa a polícia da Bahia de “queima de arquivo”. Rui, por outro lado, garante que o objetivo não era matar o ex-policial que tem ligações diretas com a família presidencial. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui