Geninho é apresentado na Toca do Leão e garante: “Precisamos começar a produzir”

0
49
-
Geninho, foi apresentado nesta sexta-feira, 20, na Toca do Leão / Foto: Luciano Matta / Ag. ATarde

O novo comandante do Vitória, Geninho, foi apresentado nesta sexta-feira, 20, na Toca do Leão. O treinador comandou o treino nesta manhã e, logo em seguida, foi levado à sala de imprensa pelo presidente Paulo Carneiro. Ele é o quinto comandante do clube nesta temporada.

A chegada de um treinador com mais bagagem muda a filosofia que vinha sendo praticada, até então, pelo presidente do Leão. “Eu trouxe um treinador mais experiente. Proporcional a gravidade do momento. O sistema está montado e ele chega sem uma equipe nas costas, aproveitando o que há no clube”, explicou.

- Anúncio -

Nesta temporada, o Vitória começou sob o comando de Marcelo Chamusca, demitido ainda durante o Campeonato Baiano. Em seguida, passaram pela Toca do Leão os treinadores Cláudio Tencati, Osmar Loss e Carlos Amadeu, este último demitido após o revés diante do São Bento, na terça-feira, 17. Sobre essa constante mudança no bastão de comando técnico do Rubro-Negro, Geninho acredita que isso prejudica o desenvolvimento do elenco.

O ideal é que se tenha um tempo maior de trabalho, mas isso só vem acompanhado de resultados. Nos meus dois últimos clubes, fiquei mais de um ano e sai porque pedi demissão. Precisamos fazer com que o grupo corresponda ao que você quer a respeito de objetivo. É ruim para o plantel essa mudança, porque cada treinador pensa de uma forma”, afirmou o comandante.

Questionado sobre a rapidez do acerto, Geninho brincou a respeito da relação dele com Paulo Carneiro. “Eu não consigo falar ‘não’ para um amigo. Alguns inclusive abusam disso, e Paulo é um deles. Ele me ligou pedindo uma ajuda, tentando me convencer e acabei vindo. Não foi um acerto difícil, quando resolvo encarar um desfaio, eu não fico em cima do muro”, garantiu.

Por fim, após a incômoda série de duas derrotas contra equipes que estão na parte debaixo da tabela, o novo comandante já assume o cargo com uma dura sequência pela frente – Atlético-GO, RB Bragantino e Sport. Devido a isso, Geninho contou o que espera do Leão para os duelos.

“Eu vou pedir três vitórias. São jogos difíceis contra equipes que estão no topo. Vencendo, a gente ganha uma moral para a sequência do campeonato […] Tem que acreditar no potencial. O grupo do Vitória é bom. Não deixa a desejar tanto em questão de qualidade contra outras equipes da serie B. Precisamos começar a produzir, mostrar o que o podemos render”, concluiu.

Primeira Impressão

O primeiro treino sob o comando técnico do Vitória serviu apenas para Geninho tomar conhecimento do plantel e ter um primeiro contato com os jogadores. Na manhã desta sexta, 20, quem comandou a preparação na Toca do Leão foram os assistentes técnicos Bruno Pivetti e Flávio Tanajura. O grupo se reapresentou com foco no duelo de terça-feira, 24, contra o Atlético-GO, no Barradão, pela 24ª rodada da Segundona.

Antes das atividades, o novo comandante foi apresentado aos atletas no vestiário do Centro de Treinamento do clube. Logo em seguida, o grupo desceu para dar início aos trabalhos. Durante todo o tempo, Geninho ficou apenas assistindo aos jogadores na beira do gramado.

Durante o treinamento, Geninho ficou apenas assistindo na beira do gramado
Durante o treinamento, Geninho ficou apenas assistindo na beira do gramado

No treino, Bruno Pivetti geriu um treino técnico voltado para a troca de passes e movimentação. Em seguida, os jogadores foram divididos em grupos de seis jogadores e fizeram um trabalho de ataque contra defesa, em campo reduzido. Durante a atividade, a equipe titular começou a ser esboçada, com: Matheus Rocha, João Victor, Ramon, Chiquinho, Gedoz e Caicedo.

Com uma lesão na posterior da coxa, o zagueiro Everton Sena desfalcou os trabalhos e passou a manhã na sala de fisiologia. Já o volante Rodrigo Andrade deu sequência à fase de transição e participou apenas de trabalhos físicos a beira do gramado. Com um curativo na perna, Anselmo Ramon correu ao redor do gramado.

Segundo a assessoria do Leão, o atacante recém-contratado Negueba se machucou em um treinamento na última semana. De acordo com o clube, ele teve um estiramento do ligamento colateral medial do joelho. Não há previsão para o retorno do jogador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui