Homem e adolescente de 15 anos são mortos em Pé de Serra, interior baiano

Foto: Reprodução/ Instagram

Um crime bárbaro. É com essa hipótese que a Polícia Civil investiga as duas mortes que aconteceram no povoado de Santo Agostinho, em Pé de Serra, município localizado a pouco mais de 174 km da capital baiana. Uma adolescente identificada como Letícia Reis Souza, 15, e Jeovan Silva da Mata, 23, foram encontrados mortos.

A garota pendurada pelo pescoço quando foi encontrada por policiais militares dentro de sua casa. A primeira hipótese foi de suicídio, mas isso mudou minutos depois quando a mesma guarnição encontrou o corpo de Jeovan, com perfurações em decorrência de um possível ataque com arma branca. Os dois viviam uma união estável.

De acordo com a Polícia Militar, a equipe da Delegacia Territorial (DT) de Pé de Serra realizou levantamento cadavérico e instaurou inquérito para apurar autoria e motivação dos crimes.

A área foi isolada e o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) acionado para realizar as perícias e as remoções dos corpos.

A Companhia reforçou o policiamento na região com do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) realizando buscas e rondas, mas ninguém foi preso.

Apesar de Letícia ser de menor, ela vivia em união estável com Jeovan. O casal já esteve envolvido em Inquérito Policial de Estupro de Vulnerável por terem supostamente iniciado relações sexuais antes da adolescente completar 14 anos, porém conviviam desde então.

Foram entrevistados vizinhos e parentes, porém ninguém viu nada suspeito durante a madrugada e ninguém soube apontar suspeitos.

O CORREIO apurou que as investigações preliminares descobriram boatos de que a adolescente estaria mantendo um outro relacionamento, com um homem ainda não identificado. Esse homem é suspeito de ser o autor do crime, mas isso ainda não foi confirmado por pessoas próximas às vítimas. (Correio24h)