Itamaraju: Denúncia de ‘Disque Aglomeração’ faz juíza proibir atos de prefeito

Foto: Reprodução / Tribuna na Bahia

O prefeito de Itamaraju, no Extremo Sul baiano, e candidato à reeleição, Marcelo Angenica (PSDB), foi proibido de fazer atos de campanha com aglomerações. A ordem foi determinada nesta segunda-feira (2) pela juíza eleitoral Isabella Santos Lago. Conforme a magistrada, uma denúncia feita através do Disque Aglomeração relatou aglomerações promovidas por Angenica, com um dos atos realizados nesta segunda no bairro Liberdade.

A denúncia apontava que havia mais de 400 pessoas, muitos sem máscaras e sem medidas de distanciamento social. Na ordem, a juíza autorizou o uso da polícia para dispersar “de forma pacífica” os presentes como forma de garantir a regularização das medidas preventivas contra a disseminação da Covid-19. (BN)