João Roma deve ter vice feminina nas eleições para Governo do Estado

Foto: Reprodução / Facebook / Jair Bolsonaro

Candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) para as eleições ao governo da Bahia, o ex-ministro e deputado federal João Roma (PL) deve ter uma mulher na sua vice-candidatura ao Palácio de Ondina. Com isso, a chapa de Roma deve ser a mais feminina entre as três candidaturas que aparecem à frente nas pesquisas de intenções de voto feitas para o pleito. A informação foi publicada em primeira mão pelo BNews. Ainda não há definição de nomes.

A chapa do atual governo baiano é composta por Jerônimo Rodrigues (PT) na cabeça, enquanto Geraldo Júnior (MDB) está na vice e o senador Otto Alencar (PSD) busca reeleição no cargo que ocupa há 8 anos.

Ex-prefeito de Salvador e tentando o governo pela primeira vez, ACM Neto (União Brasil) ainda não decidiu quem estará em sua vice – e é uma das corridas mais intensas do período de pré-campanha, com uma série de candidaturas, de diversos partidos, como PDT, Republicanos e o próprio União Brasil. Na chapa de Neto, quem concorre ao Senado é o vice-governador João Leão (PP).

Correndo por fora, o Psol terá como candidato o cientista social Kleber Rosa, professor e fundador do Movimento Policiais Antifascismo. Ronaldo Mansur, tesoureiro do partido fica na vice.

Para o Senado, os psolistas contarão com uma chapa de candidatura coletiva, com a socióloga, capoeirista, ativista feminista Tâmara Azevedo à frente do mandato. Ela terá como suplentes em sua chapa os militantes Professor Max, presidente do Diretório de Itabuna, e Zen Costa, ativista da pauta ambiental e cultural.