Justiça decreta prisão de médico acusado de abusar de pacientes no Ceará

-Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Justiça decretou a prisão preventiva de José Hilson de Paiva, médico e prefeito de Uruburetama, no Ceará. Ele é acusado de abusar dezenas de pacientes. O juiz José Cléber Moura do Nascimento, da comarca de Uruburetama, ainda autorizou busca e apreensão em imóveis de Paiva, que está afastado do cargo de prefeito. A Polícia Civil deve recolher computadores, celulares, HDs, pen-drives e outros equipamentos do médico. Paiva nega todas as acusações e se diz vítima de armação política. (Ibahia)