Mal aproveitado ou em fase ruim? Fernandão soma seis jogos e está zerado em 2020

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Com um retorno marcado por uma grande festa no ano passado, o centroavante Fernandão ainda não conseguiu repetir os feitos de 2013, quando se tornou xodó da torcida tricolor. Em 2019, foram 46 jogos, a grande maioria saindo do banco de reservas, e 13 gols marcados. Em 2020, ele não fez o que mais gosta: balançar a rede.

Nesta temporada, o camisa 20 esteve presente em seis dos nove jogos do time principal do Esquadrão, todas entrando no decorrer da partida. Até aqui, foram 171 minutos somados. A única vez que o “F20” esteve entre os titulares foi no time de transição do Bahia, contra o Jacuipense, pelo Baianão. Ele jogou 64 minutos até ser substituído pelo jovem Saldanha.

Fernandão só foi titular no time de transição | Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Na equipe do técnico Roger Machado, o maior período em campo foi no segundo jogo contra o Nacional do Paraguai, fora de casa, pela Copa Sul-Americana. Foram 37 minutos disputados. 

O ápice do jogador foi diante do Santa Cruz, na primeira rodada da Copa do Nordeste, quando fez uma defesa que evitou a derrota do Esquadrão de Aço. Ele substituiu Douglas, que foi expulso na fase final do jogo, quando todas as alterações do time já haviam sido feitas.

por Ulisses Gama – Bahia Notícias