Ministério Público pede interdição do Terminal Marítimo de Madre de Deus para reforma

Foto: Divulgação/MP-BA

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) entrou com ação na Justiça para pedir que o Terminal Marítimo de Madre de Deus, cidade na Região Metropolitana de Salvador, seja interditado para reparação das instalações.

No mesmo documento, o MP-BA pediu que a Justiça determine o pagamento de uma multa de R$ 50 mil, por danos morais coletivos. O g1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), mas ainda não obteve resposta.

Segundo o MP-BA, a ação levou em consideração vários problemas estruturais apresentados pelo terminal em 2018, com destaque para o desabamento da ponte de embarque e desembarque. Em janeiro deste ano, uma ponte do terminal caiu por causa do excesso de pessoas na rampa de acesso.

Na época, o órgão pediu um relatório técnico para identificar os prejuízos das estruturas em concreto, passarelas móveis e píeres flutuantes dos atracadouros do terminal. Esse relatório constatou “a incapacidade de funcionamento pleno do terminal, por conta de inúmeras vulnerabilidades, com um risco iminente de acidentes”. (G1)