Ministro adverte advogado que tenta que STF retire restrições a Daniel Silveira

Deputado Daniel Silveira (Foto: Câmara dos Deputados)

O ministro do Supremo Tribunal Fedral Marco Aurélio Mello deu um puxão de orelha em um advogado da cidade de Campinas (SP) que ainda tenta que a Corte retire as restrições impostas ao deputado Daniel Silveira. Como se sabe, o parlamentar foi preso por decisão de Alexandre de Moraes após fazer ameaças aos ministros da Corte.

De acord com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, o advogado fez um pedido de habeas corpus ao Supremo e a relatoria ficou com Marco Aurélio. O ministro decidiu extinguir o processo após Moraes converter a prisão em medidas restritivas. O advogado não aceitou e alegou que o ministro foi omisso a não submeter a pauta ao plenário e pediu que fizesse isso.

Marco Aurélio, em sua nova decisão, negou o pedido e disse que “Não há omissão, contradição, obscuridade ou erro material a serem sanados” e que o que há é “inconformismo com a conclusão do julgamento”. (bahia.ba)