MPF investiga vetos a produções da Ancine com temas LGBT

0
66
-
Jair Bolsonaro (PSL) anunciou a suspenção de um edital que previa verbas para esse tipo de produção. Foto: Reprodução / TV Globo

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro abriu uma investigação sobre vetos do governo federal a produções da Ancine que possuíam temas LGBT. No último sábado, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou a suspensão de um edital que previa verbas para esse tipo de produção.

De acordo com o órgão federal, caso as produções tenham sido realmente censuradas, ficará configurada violação de regras de editais, além de discriminação, o que é proibido pela Constituição Federal. O edital, publicado em março de 2018, já estava em fase final, mas foi suspenso pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra.

- Anúncio -

Segundo o G1, o MPF expediu ofícios ao Ministério da Cidadania e à Ancine, para que eles apresentassem informações sobre a suspensão do edital. O prazo para resposta é de 10 dias. Outra questão que foi colocada em pauta é a suposta decisão do governo de não aprovar projetos audiovisuais que tenham temáticas LGBT.

O ministro Osmar Terra alegou, nesta quinta-feira (22), que a suspensão não foi um ato de censura. De acordo com ele, o edital foi lançado no governo passado, e a atual gestão “tem direito de opinar sobre os temas que são mais importantes” quando os editais envolverem recursos públicos. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui