MPT de S. A. de Jesus realiza auditoria sobre exploração do trabalho infantil de crianças na fabricação de fogos

Até hoje, crianças continuam fabricando fogos pelas ruas de Santo Antônio. (Foto: Justiça Global)

Antônio Ferreira, representante do Ministério do Trabalho em Santo Antônio de Jesus, falou nesta quarta-feira (20) sobre a auditoria que está sendo realizada na cidade sobre o trabalho infantil, principalmente relacionada a crianças em situações de risco trabalhando na fabricação de fogos de artifício na cidade e região.

Segundo Antônio, o órgão pede ajuda da população para chegar a estas crianças que estão em situação de risco, “viemos verificar especialmente a questão do trabalho infantil na produção de fogos, embora saibamos que exista extraoficialmente casos de crianças envolvidas na produção de fogos, convoco a população para participar dessa ação contra essa perigosa atividade econômica que o município e a região explora para que a gente chegue até essas famílias e crianças e não hajam mais acidentes, como a da senhora Ângela que morreu nesta terça-feira (19) (veja aqui) e como familiares dessas 64 pessoas que faleceram em 1998 aconteceu no dia 11 de dezembro”, falou.

O representante falou sobre os canais de denúncia que podem ser utilizados pela população gratuitamente, “há canais como o disk 100 ou o site da superintendência regional do trabalho em Salvador, além da agência do Ministério do Trabalho no Shopping Itaguari, para ajudar essas crianças que estão trabalhando e se expondo a riscos. Está difícil chegar a esses focos de trabalho infantil, rodando pela cidade encontramos crianças em lava-jatos, na feira livre. O trabalho infantil nessas cidades é muito naturalizada, é uma solução para a pobreza e outros males que afetam a família”, declarou.

Redação: Voz da Bahia