Mulher processa Globo e diz que personagem de novela foi inspirada em sua vida

Uma novela de sucesso está virando dor de cabeça para a TV Globo. A emissora está sendo processada por uma telespectadora que se identificou com a personagem Maria Paz, da novela “A Dona do Pedaço” (2019). Sandra Rodrigues Campos pede uma indenização de R$ 15 milhões pela emissora ter “usado sua história para criar a personagem”, interpretada por Juliana Paes. As informações são do site Notícias da TV.

O caso, apresentado à Justiça em São José do Rio Preto, pede a proibição do uso da marca “A Dona do pedaço” pela Globo, além de R$ 5 milhões por danos materiais, R$ 5 milhões por danos morais e R$ 5 milhões por lucros cessantes.

“Nitidamente houve violação aos direitos autorais por parte da ré, porquanto a história de vida da personagem Maria da Paz é igual á da autora, além de plágio do nome, que vem sendo utilizado pela autora há mais de uma década”, diz o processo.

Os autos ainda explicam a história de Sandra: ela começou a vender bolos caseiros com receitas de sua família para bancar as despesas da casa e criar a filha. A confeiteira, então, começou a apresentar um programa de TV chamado A Dona do Pedaço, e chegou a ser personagem de reportagens na época, com esse apelido.