Novenário ao Bom Jesus da Lapa atrai turistas de todo país para a região

0
539
-Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Referência do turismo religioso na Bahia, Bom Jesus da Lapa deve receber cerca de 650 mil visitantes para a sua 328ª romaria. O novenário teve início no domingo (28) e movimenta a cidade até segunda-feira (5). O auge das comemorações será na terça-feira (06), quando acontece a Festa do Senhor Bom Jesus.

Para o dia 6, a programação prevê missa solene, a partir das 7 horas. A celebração prossegue até 17h e inclui procissão. Viajantes de todo Brasil participam da romaria e aquecem a atividade turística da cidade, situada às margens do Rio São Francisco.

- Anúncio -

O padre João Batista Alves, reitor do Santuário do Bom Jesus da Lapa, informa que o público é constituído por pessoas vindas de todos os estados brasileiros, “com predominância das cidades da Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás e Tocantins”.

Ainda de acordo com ele, tanto a cidade quanto o Santuário escrevem as linhas da história do turismo religioso no país. “É um espaço consolidado há mais de 300 anos no Brasil. Temos uma grande responsabilidade em sistematizar e organizar a história secular do povo brasileiro”, disse.

Segundo a Secretaria do Turismo de Bom Jesus da Lapa, a média de turistas na cidade aumentou em 15% nos últimos três anos. O turismo religioso é o carro- chefe: representa 70% da renda da capital baiana da fé.

As festas religiosas do município, que chegam a receber dois milhões de pessoas por ano, geram emprego, renda e movimentam bastante o setor hoteleiro. De acordo com Maíla Ferreira, do Palace Hotel, o estabelecimento está com 100% de ocupação para o período. “Desde a semana passada, temos todos os apartamentos reservados para esse período”, afirmou.

Ações para o fortalecimento do Turismo Religioso é uma das prioridades da Setur, afirma o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, que tem dialogado com a Arquidiocese de Salvador, dentre outras lideranças.

“Estamos atentos às demandas da capital e dos diversos municípios onde ocorrem importantes manifestações religiosas. Este segmento oferece excelente perspectiva de expansão. Nosso objetivo é roteirizar, promover avanços e movimentar a economia”, resumiu. (Fonte: Ascom/ Setur)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui