OMS vai disponibilizar 120 milhões de testes rápidos de Covid-19 para 133 países

-
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

Cerca de 120 milhões de testes diagnósticos da Covid-19 serão distribuídos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a 133 países de baixa e média renda. Os testes serão enviados aos países em um período de seis meses, conforme divulgado pela entidade nesta segunda-feira (28).

Conforme informações publicadas em rpotagem do estadão, a OMS não informou se o Brasil está entre os países que receberão os testes, mas a entidade afirmou que os exames ficarão disponíveis em “muitos países” na América Latina.

Os testes usados serão os de antígenos, aqueles capazes de identificar as proteínas do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Os resultados saem em cerca de 15 a 30 minutos. 

De acordo com a OMS, a testagem pode ser particularmente útil para responder a suspeitas de surtos em locais remotos; para investigar grupos (os chamados “clusters”) nos quais há suspeita de surtos; para testar populações que têm maior exposição ao vírus, como os profissionais de saúde da linha de frente ou os trabalhadores essenciais; para testagem em locais com transmissão comunitária disseminada – para saber onde está o vírus e quem está infectado com ele. (Bahia Notícias)