Operação Faroeste: Rui nega ter atendido pedido de desembargadora

0
127
-
Foto : Vagner Souza / Bnews

O governador da Bahia, Rui Costa, negou que tenha atendido pedidos da ex-presidente do Tribunal de Justiça da da Bahia, Maria do Socorro Barreto Santiago. Hoje, em nova decisão do ministo do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Og Fernandes, foi revelado a existência de um bilhete de Socorro para Rui.

Diz o trecho: “Pedir ao governador nos atender para que ele fale com o Julio Ribar, da Embrapa Vancy do Aeroporto para atender o pessoal da Addey Taxi Aereo, Yeda Muricy Guimarães”.

Questionado pelo BNews sobre o bilhete o petista ficou incomodado e alertou para que não se transforme a investigação em “ação midiática”.

“Eu sou a favor de toda e qualquer investigação, agora deixa eu dizer um negócio para vocês: se continuarmos transformando investigação em ação midiática, nós vamos aumentar o desemprego […] a mensagem que a gente está passando para o exterior é a pior possível, a de absoluta insegurança institucional, jurídica”, afirmou o governador, presente na inauguração da Policlínica Regional de Simões Filho nesta sexta-feira.

Rui minimizou o papel encontrado pela PF e tratou a situação como algo natural, já que, segundo ele, “qualquer um” pode eventualmente encontrar o bilhete que alguém “entregou a um prefeito, vereador, deputado”.

O governador defendeu ainda investigação rigorosa a respeito dos fatos que envolvem desembargadores e juizes do TJ-BA. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui