PGR pede que deputado Daniel Silveira volte para a prisão

Foto: Rella Maria

A Procuradoria Geral da República (PGR) se manifestou, na noite desta sexta-feira (4) a favor de que o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), réu no inquérito dos atos antidemocráticos, volte para a prisão por violar o uso da tornozeleira eletrônica.

O parlamentar foi preso em fevereiro por ataques aos ministros do STF e está em regime domiciliar desde meados de março. A decisão cabe ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Ele não tem prazo para se manifestar.

Além do uso da tornozeleira eletrônica, Silveira está submetido a uma série de medidas cautelares, a exemplo da proibição de acesso a redes sociais e veto a receber visitas sem prévia autorização judicial.

Silveira é alvo de um processo disciplinar no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, que pode levar à cassação do seu mandato. (Fonte: Metro 1)