População deve fazer acompanhamento obrigatório de saúde para garantia do Auxílio Brasil

A população atendida pelo programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) deve realizar o acompanhamento obrigatório de saúde até junho deste ano para cumprir as exigências do Governo Federal e evitar o bloqueio do benefício.

Seguindo a ordem da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), crianças de zero a 7 anos, mulheres de 14 a 44 anos e as gestantes devem comparecer, das 8h às 17h, no posto de saúde mais próximo da residência. A atividade deve ser realizada a cada seis meses.

Outro novo requisito é de que as gestantes façam o pré-natal em uma Unidade de Saúde mais próxima de onde mora. Além do acompanhamento vacinal de crianças menores de 7 anos.

Vale lembrar que para o cumprimento do acompanhamento, é preciso ter em mãos o cartão do Auxílio Brasil (com Número de Identificação Social – NIS), a Caderneta da Criança, e o Cartão da Gestante. (Ibahia)