Porto Seguro: Filas e aglomeração são registradas em agência da caixa; cliente desmaia

Foto: Reprodução / Jojô Notícias

Parte da população de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, tem enfrentado diversos problemas ao buscar os serviços da Caixa Econômica Federal. Aglomerações e longas filas vem sendo registradas nas agências da cidade após o retorno do pagamento de parcelas do auxílio emergencial.

De acordo com o site Jojô Notícias, nesta sexta-feira (9), foi possível observar muita aglomeração em uma das agências da cidade. Em uma delas, um cliente chegou a desmaiar , provocando revolta dos populares presentes, que chegaram a confrontar servidores do banco.

O Sindicato dos Bancários da Região chegou a se manifestar por meio de nota. No posicionamento o sindicato considera o tumulto gerado na agência como um efeito colateral da gestão da empresa orientada pelo governo federal. “Demitem empregados, reduz seu papel social e joga a população contra os seus trabalhadores e vice versa. A unidade de Porto Seguro é uma das “praças” mais demandadas da região e já era para estar funcionando a prometida unidade no bairro Baianão. Para piorar, os bancários da Caixa atendem sozinhos os pagamentos do auxílio emergencial, que voltou a ser liberado novo lote essa semana, com menos empregados, metas abusivas por venda de produtos, risco sério contra a saúde dos empregados e total desrespeito contra os clientes”, diz a nota.

Ainda de acordo com o sindicato, a Caixa bloqueou várias contas, transformando as contas poupança em conta-produto. “Nas últimas semanas, mesmo antes do pagamento do emergencial, já estava tumultuado o atendimento, com ocorrências de xingamentos e ameaças sofridas pelos bancários todos os dias por causa disso. Agora somou a fila das contas bloqueadas e a fila do atendimento emergencial”, revela a nota. O sindicato fez um apelo ao Ministério público, Poder Legislativo e Executivo e apoio da polícia militar, para contribuir com a gestão do problema. (BN)