PRE-BA entra com recurso no TSE após decisão que inocentou Targino Machado

0
69
-
Foto : Divulgação

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) vai entrar com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que absolveu o deputado estadual Targino Machado (DEM) das acusações de abuso de poder econômico.

De acordo com o BNews, o procedimento foi assinado pelo procurador Regional Eleitoral Cláudio Gusmão e pelo procurador Regional Eleitoral Auxiliar, Samir Cabus Nachef.

Caso a PRE consiga reformar o acórdão do TRE, o diploma do parlamentar do DEM será cassado e ele ficará inelegível pelos oito anos subsequentes à eleição do ano passado.

A decisão que inocentou Targino foi proferida pelo pleno da corte no último dia 2. Machado foi acusado de se valer da sua condição de médico para realizar atendimentos gratuitos para a população de Feira de Santana com o objetivo de conquistar votos na eleição de 2018.

No recurso divulgado hoje (9), os procuradores argumentam que a finalidade de Machado “não era filantrópica, mas eleitoreira”. Para eles, a utilização de cartazes com os dizeres “Targino Machado, falou, tá falado”, assim como a utilização de fotografias do deputado nos locais de atendimentos, comprovam esta finalidade, já que materiais semelhantes foram usados em sua campanha eleitoral.

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui