Profissionais da enfermagem fazem ‘abraço simbólico’ em manifestação no Dique do Tororó, em Salvador

Foto: Arquivo Pessoal

Um grupo formado por enfermeiros e técnicos de enfermagem participou, neste domingo (13), em Salvador, de manifestação para pedir a aprovação do PL 2564, que estabelece carga 30 horas semanais e piso salarial para a categoria. Um “abraço simbólico” foi feito no Dique do Tororó.

Segundo o Sindicato dos Profissionais da Saúde, na questão salarial, os profissionais denunciam que os técnicos chegam a receber remuneração inferior ao mínimo. Os técnicos e enfermeiros somam mais de 100 mil trabalhadores em toda a Bahia.

“Num momento em que o País precisa tanto desses profissionais, vivemos a necessidade de termos um salário e uma carga horária justos”, afirmou o diretor do Sindicato dos Profissionais da Saúde, Adauto Silva.

“Vivemos um ambiente de trabalho precarizado, com baixos salários, muitas demandas e adoecimento mental dos trabalhadores. Estamos trabalhando sem condições e cercados de medo de contaminar os nossos familiares”, também reclamou Alindaí Santana, diretora do Sindicato de Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência Social (Sindprev).

Valdemir Medeiros, diretor do Sindprev, defendeu a necessidade da votação do PL 2564.

“Os profissionais da enfermagem demonstraram que são essenciais para o País, pois estão salvando milhares de vidas todos os dias”. (G1)