“Quando cheguei lá me deparei com uma cena de terror”, afirma sobrinho de idosa espancada em S. A. de jesus

Foto: Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (18), um dos familiares da idosa conhecida como Zuquinha, de 67 anos, que foi espancada pelo próprio genro na Avenida Juracy Magalhães (clique e veja aqui), falou sobre o caso e pediu justiça contra o autor do crime, que segue preso na delegacia de polícia de Santo Antônio de Jesus.

Em entrevista ao radialista Tino Alves, um sobrinho da vítima, Manoel Edmilson, afirmou que o acusado havia saído para beber antes de realizar o crime, “a minha prima foi separar e levou um soco no rosto, quando ele age assim costumamos sair e deixar ele sozinho. Ele já avia agredido os pais e a esposa dele várias vezes. Mas quando cheguei lá me deparei com uma cena de terror”, disse.

A vítima segue internada na UTI do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, sendo que a mesma precisaria de uma cirurgia devido ao maxilar que foi quebrado.

Ainda de acordo com o sobrinho da vítima, Zuquinha não podia falar porque já havia sofrido com três AVCs, além disto, contou sobre o momento que o acusado foi encontrado após espancar a idosa, “o irmão encontrou ele sentado perto da minha tia espancada, que inclusive, ficou vendo o pessoal do SAMU socorrer minha tia. Ele não pode ficar solto, ele não ficou nem 48h preso, nos queremos que ele pague pelo que fez”, concluiu.