Rui Costa repudia denúncias de assédio sexual contra ex-presidente da Caixa: “É inacreditável”

GOV/BA

O governador Rui Costa (PT) disse nesta quinta-feira (30) que as denúncias de assédio sexual que envolvem o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, é “inacreditável” e integra uma série de escândalos que envolvem um governo “desqualificado”, em crítica ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Não se trata de governo de direita ou de centro, mas um governo desqualificado. Imagine na história da Caixa Econômica, com 180 anos, ter um presidente que de agiu de forma inescrupulosa. É inacreditável que o presidente de um banco daquele tamanho faça isso. É uma sucessão de episódios que envergonham o Brasil”, disse o governador.

O ex-presidente da Caixa Econômoca Federal, Pedro Guimarães, é alvo de uma série de denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias da instituição financeira. Os casos, que estão sob sigilo, são investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) desde o ano passado.

O caso ainda chama a atenção pela repercussão pública, caratér das denúncias e envolvimento de um alto funcionário do governo Jair Bolsonaro (PL). (BNews)