SAJ: Moradora do Casaca de Ferro relata que está sem água há 20 dias; outros bairros da cidade também não tem

1
307
-
Foto ilustrativa: reprodução

Uma moradora da comunidade Casaca de Ferro, zona rural de Santo Antônio de Jesus relatou uma situação que beira o absurdo na manhã deste sábado (08), em contato com a Andaiá FM. Segundo a mulher que se identificou como Ana, a comunidade na qual vive, já está há cerca de 20 dias sem o abastecimento de água da Embasa, “ Eu ligo todos os dias para a Embasa, e o pessoal não está nem ai”, disse.

Ainda conforme relatado pela mulher, ela teria em sua residência um tanque com capacidade de armazenar até 5 mil litros de água, mas devido a situação o mesmo estaria totalmente seco, e assim, tanto ela, quanto os demais estariam pegando água em um rio que fica da localidade, “ a funcionária da Embasa diz que vai mandar olhar, fazer o reparo aqui na Casaca. Teve uma que até duvidou, e disse que iria mandar uma pessoa olhar se tinha algum vazamento em minha casa, eu disse: pode vir. Eu tenho um tanque de cinco mil litros sequinho aqui no fundo da minha casa.”, explicou a moradora.

- Anúncio -

Outras reclamações de falta de água também foram relatadas neste sábado. Dessa vez no bairro Andaiá e na 2ª Travessa dos Humildes, “o que está acontecendo com essa água do Andaiá? Porque parece que não tem uma justificativa. Estamos sem água para tomar um banho e sair para trabalhar. Eu acho que isso é uma falta de respeito com o cidadão santoantoniense. Eu quero saber o que está acontecendo”, denunciou um morador do bairro Andaiá. Já outra denunciante da 2ª Travessa dos Humildes, bairro São Benedito, relata que além de faltar água, quando a mesma chega tem a aparência de suja, “ontem veio escura e não deu nem para lavar roupa. E hoje seis horas já não tinha”, contou.

Redação: Voz da Bahia

1 COMENTÁRIO

  1. Descaso da Embasa com a população Santo Antoniense. Estou há 2 dias sem água, sem poder tomar banho, lavar pratos, cozinhar. O banheiro nem se fala, impraticável. E não sabemos a causa dessa suspensão do fornecimento e nem sabemos quando irá se regularizar a situação. Também resido no bairro do Andaiá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui