SBT paga indenização ao Vitória após trocar escudo e chamar clube de ‘vice’

O SBT teve que indenizar o Vitória em R$ 27,9 mil por ter usado por ter usado uma montagem com a palavra “vice” e por ter chamado o clube de “vice-campeão” durante o reality show “Menino de Ouro”. O processo corria desde 2013 e só foi julgado em 2021 pela Justiça da Bahia. As informações são do UOL Esporte.

De acordo com a publicação, fato começou em junho daquele ano, quando o canal aberto usou um escudo do Esporte Clube Vitória no qual era possível ler os dizeres de “VICE” em vez da sigla ECV. A imagem é usada por rivais do clube, principalmente o Bahia, pelo fato de o time Rubro-Negro nunca ter ganhado um torneio nacional.

O Vitória também alegou que disse que o clube é um “eterno vice” do Bahia e o clube pediu indenização por dano moral e material à imagem do time. O SBT alegou que não cabia o fato, porque tratou-se de um erro da produção em boa-fé.

“JULGO PROCEDENTE EM PARTE O PEDIDO, para condenar o demandado a pagar à parte autora, a título de indenização por danos morais, a importância de 20.000,00 (vinte mil reais), acrescida de juros de 1% ao mês, devidos a partir da citação, e correção monetária pelo INPC, devidos a partir da fixação do valor, extinguindo o processo com resolução de mérito”, disse a juíza Luciana Magalhães Oliveira Amorim, da 10ª Vara de Relações de Consumo do Tribunal de Justiça da Bahia.

Em abril deste ano, o Vitória entrou com um pedido de execução de pena na Justiça. O clube alegou que o SBT precisava pagar R$ 27,9 mil pela condenação, que é o valor determinado pela Justiça acrescido de juros de 1% ao mês.