Secretário de saúde nega ter recebido comunicado oficial da SESAB sobre nova variante da Covid mais grave em SAJ: “tomamos conhecimento pela imprensa”

Nesta quarta-feira (12), o Secretário de Saúde de Santo Antônio de Jesus, Dr. Leonel Cafezeiro esteve no programa Meio-Dia e Meia, na Live do Voz da Bahia e garantiu que não recebeu nenhuma comunicação oficial da SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) apontando a nova variante mais grave do coronavírus no município.

O secretário foi questionado pelo Voz da Bahia sobre uma nota enviada pela SESAB, onde afirma que Santo Antônio de Jesus foi detectada com a variante mais grave do coronavírus como em outras cidades da Bahia (relembre aqui). Segundo Dr. Leonel, o mesmo não tomou conhecimento dessa nota, “nós não recebemos da SESAB nenhum comunicado oficial sobre isso, apenas tomamos conhecimento porque foi publicada na imprensa certificando, ou dizendo que saiu a informação do Estado, porém, essa nova variante já tinha sido detectada em Amargosa muito antes, Cruz das Almas e eu não vi em momento nenhum se dizer que não era para ir para Cruz ou Amargosa. Lógico que esperávamos que nessas cidades que não tem um fluxo de pessoas de fora tão grande quanto tem a cidade de Santo Antônio de Jesus que é um polo comercial e de saúde, naturalmente que iria chegar aqui como ocorreu no Brasil inteiro. Preocupa porque essa nova mutante da Covid-19 é mais agressiva, às pessoas que desenvolvem o quadro grave pulmonar parece que desenvolve com mais rapidez. Fazemos alerta as pessoas e o trabalho de conscientização, mas não vivemos em função exclusiva da pandemia, existem outras atividades que tem que continuar e eu não vou deixar de fazer o combate à dengue, eu não vou deixar de dar assistência aos hipertensos, diabéticos e as outras tantas doenças como tuberculose, como AIDS e outras sexualmente transmissíveis que precisa dar atenção da saúde, então nós não vamos exclusivamente tratar da pandemia. Se não houver da colaboração de cada um ser o responsável pela saúde dos seus familiares e amigos a situação vai ficar cada vez pior”, ressalta.

ASSISTA A MATÉRIA COMPLETA ABAIXO:

Reportagem: Voz da Bahia