STJ acata pedido e determina soltura de filho de prefeito acusado de matar vaqueiro

Foto: Reprodução/ TV Santa Cruz

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu um pedido da defesa e determinou a soltura de Markson Monteiro de Oliveira, o Marcos Gomes, indiciado pela tortura e morte de um vaqueiro. A decisão a favor do filho do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, foi tomada na quinta-feira (19).

Marcos estava em prisão domiciliar, mas retornou ao Conjunto Penal de Itabuna há cerca de duas semanas. Ainda não se sabe quando ele irá ganhar liberdade.

O suspeito foi indiciado pelos crimes de tortura, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver, na morte do vaqueiro Alexandro Honorato, em Floresta Azul, no sul da Bahia, em dezembro de 2006. O mandado de prisão preventiva estava aberto desde agosto de 2017 e foi cumprido após determinação do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). (Bahia.Ba)