Suspeito de espancar namorada de 16 anos em Feira nega agressão e diz sofrer ameaças

O jovem de 22 anos, suspeito de espancar a namorada de 16, em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, relatou à polícia estar sofrendo ameaçado nas redes sociais. Ele negou a agressão contra a adolescente.

Segundo a mãe da vítima, Ana Carolina Fonte, 39, a filha foi espancada pelo namorado até desmaiar e passou três dias em estado grave, internada em um hospital. A situação aconteceu no Dia dos Namorados, 12 de junho. Desde então, ela não sai de casa e está com o psicológico abalado.

O suspeito, por outro lado, contou que foi ela quem o agrediu por não aceitar o término e que ele não teria batido nela. “Preferi terminar e cada um seguir a sua vida. Quando eu falei isso, a situação piorou. Aí ela começou a ficar agressiva, veio para cima de mim, deu vários socos, várias mordidas e me deu um murro na orelha”, disse.

Apesar do que o jovem alega, a menina ficou internada por três dias, com traumatismo craniano leve, que ficou inchada. Além disso, o seu rosto a lateral do peito ficaram feridos.

Ana Carolina diz que, mesmo depois de passar por três delegacias para registrar o boletim de ocorrência, a filha ainda não conseguiu uma medida protetiva. Enquanto isso, lamenta que o agressor permanece livre. (Metro1)