Últimas Notícias sobre empresários

O empresário Francisco Maximiano, dono da empresa envolvida no escândalo da Covaxin, é acusado de dar calote de R$ 8 milhões no fundo de Previdência da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Rio de Janeiro. De acordo com informações do blogueiro Octavio Guedes, do portal G1, a empresa Rompro, de Maximiano, está sendo processada pela OABPREV-RJ, que pediu a apreensão de bens da empresa e do empresário para garantir que os aposentados e pensionistas não paguem a conta.

Foto: Reprodução

Era para ser um mergulho normal de dois empresários no rio Formoso, em Bonito, no Mato Grosso do Sul. Mas, durante a aventura subaquática, eles encontraram uma sucuri gigante.

Foto: secom

O Sindicato dos Rodoviários irá se reunir, às 13h30 desta segunda-feira (31), com o sindicato patronal e juízes do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para negociar o reajuste salarial da categoria. Caso a proposta dos motoristas de ônibus não seja aceita, uma greve geral é cogitada para acontecer nesta terça-feira (1º).

Foto: Divulgação

Sob o Decreto Estadual n. 20.328/2021, o governador Rui Costa determinou que a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) requisitasse administrativamente nove ambulâncias que estavam na concessionária Eurovia, em Salvador.

Foto: Divulgação

Após a aprovação da vacinação privada pela Câmara dos Deputados, Felipe Neto sugeriu que se exponha os empresários que furarem a fila.

Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Federal prendeu, na noite desta terça-feira (30), a cuidadora de idosos Mônica Pinheiro Torres de Freitas. A mulher é suspeita de se passar por enfermeira e comercializar ilegalmente vacinas contra a Covid-19. De acordo com a polícia, Mônica é a profissional responsável pela vacinação dos empresários do setor de transportes, em uma garagem de ônibus de Belo Horizonte.

Foto : Marcos Brandão/Senado Federal

Os mais de 300 mil mortos por Covid-19 e a crise na economia levaram os presidentes da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a se alinhar com grandes empresários, representantes de bancos e do mercado financeiro para intervir nos rumos do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Foto : Taechit Taechamanodom/Getty Images

A pedido da Polícia Federal, a Justiça Federal de Minas Gerais quebrou o sigilo telemático dos empresários mineiros do setor de transporte suspeitos de terem recebido a primeira das duas doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19, em Belo Horizonte. Conforme revelado pela revista Piauí, eles teriam comprado o imunizante por iniciativa própria sem repassar ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Foto: Divulgação/MPF

A suposta vacinação de políticos e empresários do ramo de transporte em Minas Gerais se tornará alvo de uma investigação da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF). Conforme uma denúncia publicada pela revista Piauí na quarta-feira (24), um grupo de cerca de 50 pessoas havia sido vacinado por R$ 600 a cada duas doses.

Foto: Reprodução / Agência Brasil

Com mandados cumpridos na Bahia, a Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (21), a Operação Índia. A ação tem como objetivo obter mais elementos sobre um esquema de corrupção na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Close