Últimas Notícias sobre Hackers

Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

Ludmilla foi a nova vítima dos golpes cibernéticos. A funkeira teve o perfil invadido por hackers na madrugada desta quarta-feira (23) em uma ação semelhante a que foi sofrida por Cleo na última semana.

Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

Cleo teve uma surpresa daquelas na manhã desta quarta-feira (16) ao se deparar com seu perfil no Instagram anunciando doações de celulares e computadores. A atriz, que recentemente sofreu duras críticas dos seguidores pelo ganho de peso, foi vítima de hackers e teve a conta na rede social invadida.

Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu soltar o primeiro dentre os seis presos na investigação sobre as supostas invasões de aplicativos de mensagens de autoridades, de acordo com o Estadão. O grupo de hackers é suspeito de ter grampeado o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, procuradores da Lava Jato, ministros de Estado e de tribunais superiores.

Foto : Reprodução / Instagram

A perícia da Polícia Federal identificou que pelo menos 84 autoridades públicas sofreram tentativas de invasão feitas pelo grupo de hackers preso na Operação Spoofing. Segundo o jornal O Globo, que teve acesso ao documento da PF, a lista inclui celulares do presidente Jair Bolsonaro e dos seus filhos, os ex-procuradores-gerais da República Raquel Dodge e Rodrigo Janot, membros do Judiciário e procuradores da Lava-Jato.

Alvo dos invasores foi o sistema que contém dados de beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família. Imagem: Divulgação

A Caixa sofreu uma tentativa de invasão de hackers que obrigou o banco a tirar do ar o sistema que contém dados de beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família, e de trabalhadores. O caso ocorreu na última quarta-feira (14), segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

Davi Alcolumbre promete instalar a comissão Foto: Divulgação / Estadão Conteúdo

Na volta do recesso parlamentar em agosto, uma das prioridades de deputados e senadores deve ser a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar a veiculação de notícias falsas.

© Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (25), em sua conta no Twitter, que a ação dos hackers que invadiram seu telefone celular é “um atentado grave contra o Brasil e suas instituições”.

Bolsonaro e Moro durante evento militar. Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que eventuais ações de hackers em seu aparelho celular “não vão encontrar nada que comprometa”. O presidente foi questionado, durante entrevista coletiva em Manaus, sobre o Ministério da Justiça e Segurança Pública ter divulgado que foi comunicado pela Polícia Federal que celulares usados por Bolsonaro foram alvos de invasão dos supostos hackers presos na última terça-feira (23).

Foto: Isac Nóbrega/PR

A Polícia Federal (PF) informou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública que celulares utilizados pelo presidente Jair Bolsonaro também foram alvos de ataque do grupo de hackers preso em operação da PF na última terça-feira (23).

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro — Foto: Reuters/Adriano Machado

A Polícia Federal (PF) identificou movimentações “suspeitas” nas contas de dois dos quatro investigados na operação que apura a invasão de celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Close