Últimas Notícias sobre Michelle

Aliados bolsonaristas têm orientado o ex-presidente Jair Bolsonaro a indicar o nome de sua esposa, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro como opção para concorrer às eleições presidenciais em 2026. A ideia é pressionar outros nomes da direita, como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Presidente do PL Mulher, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro receberá a Comenda Dois de Julho, neste sábado (9). A cerimônia de entrega será realizada a partir das 10h, no Centro de Convenções de Salvador, com a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), do presidente estadual do PL, João Roma, e da deputada federal Roberta Roma (PL).

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi usado como modelo pela ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro. Bolsonaro testou os produtos de beleza da linha de cosméticos vendida pela esposa. Em um vídeo, o ex-presidente aparece deitado, enquanto ela utiliza itens da “MB”, acrônimos de Michelle Bolsonaro no rosto do marido. As informações são do Estadão.

Foto: Isac Nóbrega/PR

Defendendo os “valores e princípios cristãos”, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro criticou o indicado do presidente Lula ao Supremo Tribunal Federal (STF), ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. A presidente do PL Mulher considerou Dino como “extremamente comunista” , durante evento partidário, neste sábado (2), em Natal.

Foto: Isac Nóbrega/PR

A cunhada da ex-Primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), ganhou um emprego na Câmara de Vereadores de São Paulo. Um cargo no gabinete de um vereador aliado do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) foi designado para Magna Cély Dourado. Tarcísio é forte apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Foto: Isac Nóbrega/PR

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro confirmou que pode ser candidata a algum cargo eletivo. No entanto, segundo a própria Michelle, tudo depende de “Deus apontar para algo”. Essa declaração foi dada durante entrevista dada ao Diário do Poder.

Foto: Reprodução

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro pediu a Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) o acesso à integra dos depoimentos prestados na quinta-feira (31) à Polícia Federal (PF) no inquérito que apura a venda ilegal de joias recebidas por comitivas do governo Bolsonaro durante viagens oficiais.

Montagem | Isac Nóbrega/PR e Reprodução/Twitter

A ex-primeira dama Michelle Bolsonaro emitiu uma nota, nesta quinta-feira (31) e questionou a competência do Supremo Tribunal Federal (STF) para julgar o caso das joias. Ela, que permaneceu em silêncio durante depoimento à Polícia Federal (PF), disse que só irá falar “na esfera competente”.

Foto: Alan Santos/PR

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes proibiu que o tenente-coronel Mauro Cid mantenha contato com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e também com a ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, além de outros investigados.

Foto: Isac Nóbrega/PR

A ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, afirmou que o marido, Jair Bolsonaro, não deveria “estar presente” em um evento do PL Mulher ao ser surpreendida pelo marido no local. O episódio ocorreu no sábado (29), na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina.

Close