Últimas Notícias sobre Moderna

Umas vacinas protegem mais do que outras, mas todas se têm mostrado fortes mecanismos para combater a Covid-19. Recorde a eficácia de cada uma (Crédito: Pexels)

Muito já se falou sobre quão eficazes são as vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pelas várias fabricantes de medicamentos. Umas protegem mais do que outras, mas todas se têm mostrado fortes mecanismos para combater a Covid-19. Recorde agora a eficácia de cada uma no combate à doença viral.

Foto: Divulgação/OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) autorizou o uso emergencial da vacina Moderna contra o coronavírus. O comunicado foi divulgado nesta sexta-feira (3). O imunizante já é utilizado nos Estados Unidos.

A farmacêutica Moderna começou a testar a vacina contra a covid-19 em crianças e bebês. Um dos ensaios vai contar com a participação de 6,75 mil crianças e bebês dos Estados Unidos e do Canadá, com idades entre seis meses e 12 anos. Em outro estudo, a vacina será testada em 3 mil crianças e … continue

Foto: REUTERS

A empresa de biotecnologia norte-americana Moderna anunciou nesta segunda-feira (25) que a vacina contra covid-19 desenvolvida por ela em parceria com o NIAID (Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA) é capaz de neutralizar variantes do coronavírus que foram identificadas no ano passado no Reino Unido e África do Sul.

Foto: Divulgação

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, foi vacinado contra a covid-19 nesta sexta-feira, com o imunizante da Pfizer, em uma transmissão televisionada. “É um milagre médico”, declarou o republicano depois de receber a dose. De acordo com ele, o objetivo foi “construir confiança na vacina”.

Foto : Photonews via Getty Images

A empresa de biotecnologia Moderna iniciou nesta quinta-feira, 10, os testes de fases 2 e 3 da vacina contra a covid-19 em adolescentes de 12 a 18 anos. Os estudos vão determinar a segurança do imunizante e a capacidade de gerar respostas imunes nesta faixa etária. A análise preliminar dos estudos clínicos da vacina mRNA-1273, que envolveu voluntários com mais de 18 anos, apontou eficácia de 94,5%. O imunizante foi aplicado em duas doses, com intervalo de 28 dias.

Frascos e seringas médicas são vistos na frente do logotipo da Moderna — Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File Photo

A Moderna, farmacêutica norte-americana que está desenvolvendo uma vacina contra a Covid-19, anunciou que planeja solicitar uma autorização para uso emergencial do seu imunizante a agências reguladoras dos EUA e Europa nesta segunda-feira (30).

Close