Temer nega que tenha havido ‘golpe’ em 2016: ‘Jamais houve isso’

0
60
-
Foto: Roda Vida

O ex-presidente Michel Temer (MDB) esclareceu, em entrevista ao programa Timeline da Rádio Gaúcha na manhã de hoje (17), as declarações que deu ontem ao programa Roda Viva da TV Cultura ontem (16) (veja aqui). Temer levantou polêmica nas redes sociais ao usar na TV a palavra “golpe”, frequentemente utilizada pela oposição para se referir ao impeachment.

À Rádio Gaúcha, no entanto, o emedebista negou que o afastamento da ex-presidente Dilma, que resultou na sua posse, tenha sido, de fato, um “golpe”. Ele afirma que assumiu nos termos constitucionais e eleitorais. 

- Anúncio -

“Quando eu digo que não fui adepto ao ‘golpe’ foi porque as pessoas diziam que era ‘golpe’. Jamais houve isso (golpe). Estão usando indevidamente”, disse o ex-presidente.

Questionado pela jornalista Kelly Matos se “foi golpe”, ele reitera: “Evidentemente que não (foi golpe). (…) Aqui no Brasil, embora a Constituição diga que se o presidente for impedido, o vice irá assumir, (dizem que) é ‘golpe’.  Porque as pessoas não lêem a Constituição ou têm o prazer de fazer oposição, nada mais do que isso”, afirmou Temer.

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui