Thammy Miranda anuncia saída do PL após filiação de Bolsonaro ao partido

Foto: Reprodução Redes Sociais

O vereador paulista Thammy Miranda, filho da cantora Gretchen, anunciou que irá deixar o PL, poucas horas depois de o presidente Jair Bolsonaro se filiar ao partido. Em vídeo divulgado nesta terça-feira (30), Thammy, que foi o primeiro homem trans eleito para a Câmara Municipal de São Paulo, afirmou que não compartilha as mesmas ideias que Bolsonaro e ressaltou que já sofreu ataques pessoais da família do presidente.  

“Com a ida do presidente para o Partido Liberal, do qual faço parte, estou dando entrada na minha desfiliação. Eu vou sair do partido. A gente tem ideias diferentes, além de que já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive contra o meu filho, quando ainda era recém-nascido”, disse o vereador.

Segundo o jornal O Globo, no ano passado, o vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente, Carlos Bolsonaro (Republicanos), publicou em suas redes sociais uma foto de Thammy ao lado de sua esposa, Andressa Ferreira, e seu filho recém-nascido, Bento, sem escrever nenhuma legenda ou comentário. Na época, o paulista questionou a intenção de Carlos com a postagem.

“Meu filho acabou de nascer, tem só cinco dias e não merece passar por nenhum tipo de piadinha sem graça, preconceito”, disse Thammy na época.

Thammy foi eleito para a Câmara Municipal de São Paulo com 43.297 votos, o 9º mais votado na cidade. (Metro1)